Major Minor é de forma assumida um aprimoramento da trajectória sonora dos norte-americanos, bem mais do que uma mudança de rumo. Pode não ser o momento mais alto em termos criativos e está longe de ser a incursão mais experimental dos californianos, mas é certamente o seu registo mais seguro, aquele que melhor espelha os anteriores trabalhos da banda e uma espécie de estado de graça da sua sonoridade.

Longe vão os tempos da efervescência punk-hardcore com salpicos de power-metal e hoje está ultrapassada a sua Identity Crisis, concluído que está o processo de maturação com início emThe Artist in the Ambulance.

São os caminhos explorados a partir de Vheissu, de longe o melhor álbum da banda, que se encontram mais visíveis neste novo trabalho. Por um lado os temas parecem terem perdido peso (talvez Blur seja a excepção), por outro ganharam requinte, conciliando brilhantemente o seu inato post-hardcore com um rock moderno a fugir para o emo e com um cheirinho a blues em algumas linhas vocais de Dustin Kensrue.

Sempre com um sentido de melodia apurado e muito próprio, o trabalho de guitarras de Teppei Teranishi é, como sempre, magnífico, dando vida às canções de uma forma que ajuda a distinguir Thrice da maior partes das bandas que ocupam os mesmos terrenos musicais.

Mais em detalhe há a destacar pela positiva Yellow Belly, a primeira amostra do álbum disponível e um dos temas mais fortes e identitários do registo, Call it in the Air, Listen Through Me e, claro,Anthology, definitivamente a faixa mais inspiradora deste trabalho.

Melhor que o seu antecessor Beggars, Major Minor não é uma obra-prima e a grande proeza alcançada com o disco é fazer com que a carreira dos Thrice pareça de certo modo completa, colocando a banda, certamente ainda com muito para oferecer, perante o dilema entre perpetuar este estado seguro de maturidade ou reinventar-se e explorar ainda mais.

Até lá, contemplemos o que uma das bandas mais criativas e consistentes deste universo musical de tão bom nos oferece e esperemos que, depois de ter sido adiada duas vezes, a sua vinda a Portugal seja finalmente uma realidade.