Ultrapassar as bodas de prata e atingir a marca dos trinta anos biográficos é indubitavelmente um marco. No entanto, a questão maior impera: em que forma uma banda recebe a chegada das três décadas de duração? Num comatoso estado ou numa irreverência que teima evitar qualquer suporte básico de vida?

A segunda resposta parece ser a acertada quando falamos de Napalm Death. O agir em conformidade e o aceitar as leis (sejam elas impostas pelo próximo, sejam elas as ditadas pelo tempo) cabisbaixamente e sem retorquir nunca delineou a acção dos britânicos. Discordantes por natureza, ríspidos a replicar, os Napalm Death chegam ao seu décimo quinto álbum revitalizados pela sua própria essência: a de não serem, somente.

Assim que Utilitarian se dá a conhecer, percebemos que os ingleses mantêm o vigor através das pequenas adições que vão fazendo à estrutura básica. Adições pouco óbvias, que mantêm a big picture dos Napalm Death interessante e actual. O ritmo abrasivo, onde os blast beats são a figura maior, permanece. Os riffs sujos e bem crusty também. O timbre de Barney continua rasgadamente intacto. E a isto junta-se um desfile de pormenores que faz dos três quartos de hora de Utilitarian uma jornada capaz de repelir a insipidez.

Tanto que uma faixa mid-tempo, sludgy e quase totalmente instrumental poderia induzir em erro qualquer um. Poucos apostariam que uma música assim abriria um disco de Napalm Death, mas, sim, isso acontece com Circumspect. E imaginam um saxofone, tocado de forma desvairada como só John Zorn sabe, erguer-se no meio do cortante groove dos homens de Birmingham? Não? Ouçam Everyday Pox. E um Mitch Harris, delirante, a assumir as rédeas vocais numa faixa que quase nos recorda os tempos de Soul Of A New Machine ou Demanufacturedos Fear Factory? Dêem uma oportunidade a de The Wolf I Feed.

Utilitarian é, por conseguinte, um trabalho que obtém saldo positivo. Sincero, coerente mas não repetitivo, e com índice qualitativo elevado. Que mais se poderia pedir, em 2012, aos Napalm Death? A roda já foi inventada em Scum.